Um tour pelo museu Joan Miró em Barcelona

A Fundação Joan Miró é um museu completo: além de expor obras presente em toda a carreira do artista, sua arquitetura também é um marco na cidade de Barcelona. 

Joan Miró
A arquitetura da fundação Joan Miró projetada por Josep Lluís Sert (Foto: Bárbara Cassou)

Criado pelo próprio Joan Miró, a fundação começou com um acervo da sua coleção pessoal. Seu objetivo era estabelecer em Barcelona um destino artístico que seria referência nacional, impulsionar a investigação e os estudos sobre arte. Abriu ao público em 10 de junho de 1975 e desde então virou uma atração na cidade catalã. 

A fundação exibe exposições permanente e importantes feitas por Joan Miró, além de exposições temporárias de outros artistas do século XX e XXI, em colaboração com outras entidades do país. 

Joan Miró
Obras famosas de Joan Miró expostas pela museu (Foto: Bárbara Cassou)

O museu está localizado em um edifício projetado por Josep Lluís Sert: um dos poucos lugares do mundo em que o artista e o arquiteto estabelecem um diálogo de cumplicidade entre as obras artísticas e arquitetônicas. A arquitetura do museu ajuda a dar destaque para as obras do Miró através de aberturas laterais e zenitais, rampas como promenade, pé direitos altos, mezaninos, pátios externos e terraços. 

Joan Miró
A arquitetura permite uma promende ao redor das obras do artista, em perfeita harmonia (Foto: Bárbara Cassou)

O segundo andar do museu dá acesso a um terraço onde esculturas do artista estão posicionadas estrategicamente. Mas o destaque principal é a parte externa do museu com vista privilegiada para a cidade de Barcelona e uma das mais importantes esculturas de Miró, posicionada entre a vista e o edifício do museu. Cada espaço da fundação é aproveitado para exibir uma obra ou criar uma boa sensação ao visitante. Um pátio interno é dedicado a um café ao ar livre, perfeito para uma tarde de sol, depois de perder-se por todas as obras de Miró. 

Joan Miró
As obras são posicionadas estrategicamente pela arquitetura do museu (Foto: Bárbara Cassou)

Para quem não sabe, Joan Miró nasceu em 1893, na própria cidade onde seu museu está instalado: Barcelona. Viveu na busca constante de criar uma obra global e pura, sem ser associada a nenhum movimento. Foi através de sua rebeldia e sensibilidade pelos acontecimentos políticos e sociais na época que lhe deu forças para encontrar sua linguagem e ser mundialmente reconhecido pela sua arte, sendo considerado um dos artistas mais influentes do século XX.

O museu conta com 217 pinturas, 178 esculturas, 9 tecidos, 4 cerâmicas e 8 mil desenhos do artista, expostos por diferentes lugares do museu. E claro, também conta com uma loja de souvenirs que vende pôsteres com gravuras das obras do artista. 

A Fundação Joan Miró é um espaço para respirar arte e arquitetura, fazendo com que os visitantes possam imergir e vivenciar os conceitos e ideias desse artista que foi um grande inovador do seu tempo. Vale a pena a visita! 

Joan Miró
Café a céu aberto no pátio interno do museu faz parte da experiência da visita (Foto: Bárbara Cassou)

O post Um tour pelo museu Joan Miró em Barcelona apareceu primeiro em Archtrends Portobello Blog.

Carrinho

loader