Pavilhão da Estônia na Bienal de Veneza de 2021 explora a importância dos espaços públicos para o futuro das cidades


Põlva central square ©Tõnu Tunnel. Image Courtesy of The Estonian Centre for Architecture

Põlva central square ©Tõnu Tunnel. Image Courtesy of The Estonian Centre for Architecture

O Pavilhão da Estônia para a próxima edição da Exposição Internacional de Arquitetura da Bienal de Veneza acaba de ser apresentado. Com projeto curatorial desenvolvido pelos arquitetos estonianos Jiří Tintěra, Garri Raagmaa, Kalle Vellevoog, Martin Pedanik e Paulina Pähn, o pavilhão foi batizado de “Square! Positively Shrinking” e será instalado no complexo do antigo Arsenal da marinha veneziana. Segundo a equipe de curadores, o Pavilhão da Estônia deste ano irá “explorar o papel dos espaços públicos no desenvolvimento futuro de cidades que atualmente estão passando por um processo de despovoamento […] desencadeando um amplo debate sobre um efeito pouco explorado dos projetos de reurbanização de pequenas cidades ao redor do mundo”.

Saiba mais »

Carrinho

loader