Modelos de Cama Infantil: 83 Inspirações Para Decorar o Quarto de Criança

Peça principal na hora de montar um quarto infantil, existem diversos modelos de cama para crianças e isso pode causar um pouco de confusão e dúvida, afinal, qual deles é o melhor modelo de cama infantil?

Para ajudar nessa questão, trouxemos algumas camas em quartos de crianças para falar um pouco sobre elas e te inspirar na hora de montar ou reformar o quarto do seu pequeno.

Como escolher a melhor cama infantil

Espaço

O primeiro passo é definir onde a cama vai ficar, tendo noção do espaço que ela irá ocupar, é possível ir atrás de modelos de cama para crianças que se encaixem melhor no ambiente.

Tema

Modelo de cama infantil com roupa de cama com tema de espaçodivulgação/Artex/Casa.com.br

A transição do berço para a cama pode ser mais fácil se a cama for temática, com desenhos, roupa de cama ou formato de algo que a criança goste.

Material

Ponto muito importante na hora de escolher o modelo de cama para criança, uma vez que é preciso ter a segurança de que o material da cama é o mais adequado, resistente e aprovado pelas agências reguladoras.

Acessórios

Sob a cama, gavetas com espaço de sobra para guardar roupas de cama. Projeto dos arquitetos Ana Paula de Castro, Apoena Amaral e Almeida e Vito Macchione Ferreira.Arquitetura&Construção/Reprodução

Esse ponto depende também do espaço do quarto, se ele for pequeno, um modelo de cama infantil com gavetas pode ser uma boa opção para lidar com as questões de armazenamento, por exemplo.

Cama infantil carros

Inspirado na animação ‘Carros’, distribuída pela Walt Disney Pictures, este quarto é sinônimo de velocidade e diversão. Além dos armários revestidos com uma das cenas, a cama do jovem foi inspirada no personagem principal, Lightning McQueen, para que a criança se sinta, de fato, parte do filme. O ambiente é assinado pela arquiteta Cristiane Schiavoni, do escritório Cristiane Schiavoni Arquitetura e Interiores.Raul Teixeira/Divulgação

Seguindo a solução do modelo de cama infantil ter um tema, o mais comum é de carros. O formato pode ser simples, apenas com a silhueta em MDF na lateral, ou, nos modelos mais trabalhados, com a cama toda imitando o automóvel.

Mini cama infantil

<span class=”hidden”>–</span>MadeiraMadeira/Reprodução

Esse é um modelo de cama infantil recomendado para a transição entre o berço e a cama infantil e pode ser usado a partir dos seis meses na versão com grade.

Cama infantil com grade

A Suíte dos Gêmeos, criado pela arquiteta Kika Baptista, foi pensada para crianças de dois anos de idade. Para reforçar a atmosfera lúdica, a arquiteta usou uma cama em formato de trem. O piso, que é emborrachado de PVC, possui trilhos desenhados no chão. Nas paredes, ilustrações fazem referência ao motivo ferroviário do quarto.Reprodução/Minha Casa

Por questões de segurança, o modelo de cama para criança com grade é altamente recomendado para evitar acidentes, principalmente para os pequenos que têm o sono mais agitado e correm riscos muito altos de queda durante o descanso.

Cama infantil com escorregador

A Cama Infantil com escorregador Mel CasatemaCasatema/Reprodução

Com grande apelo lúdico, o modelo de cama infantil com escorregador pode ser uma boa pedida para tornar a mudança do berço, ou até mesmo da cama dos pais, para a cama maior.

Cama beliche infantil

O beliche retinho e simples permite que cada um conquiste seu estilo com os acessórios certos. A menina ocupa o leito de baixo, destacado pelas clássicas luzinhas de Natal: o fio com LEDs – que emitem luz fria e não esquentam – foi preso no estrado da cama de cima e acende quando plugado na tomada. Para tornar o cantinho discretamente romântico, o enxoval incorpora itens em que o vermelho e o cor-de-rosa sobressaem. Almofadas de patchwork partilham o espaço com as de crochê e com a manta de tricô bem colorida. Para o garoto, entram em campo peças também alegres, porém mais masculinas. Ali imperam os tons azul e laranja.Luis Gomes/Casa.com.br

O modelo de cama infantil do tipo beliche é a solução mais compacta para duas ou mais crianças que precisam dividir o quarto.

Cama infantil com escrivaninha

Rosa e verde são os tons que enchem de graça o quarto planejado para duas meninas. Eles tingem cortina e roupa de cama e compõem um delicado xadrez no papel de parede (Kaelio). O segredo para aproveitar o espaço de 3 x 2,40 m está na distribuição dos móveis: em vez do modelo tradicional de beliche, as camas se sobrepõem na perpendicular. Desse modo, acomodou-se uma escrivaninha sob a estrutura elevada, abrindo área para brincadeiras no centro. “A cortina romana se limita a cobrir a janela. É mais um truque para ambientes enxutos”, fala a arquiteta Renata Cáfaro.André Godoy/Minha Casa

Para as crianças que precisam de uma mesa para fazer atividades, por lazer ou por conta da escola, o modelo de cama para crianças com escrivaninha é uma boa opção, pois além da funcionalidade, também ajuda na economia de espaço do ambiente.

Cama infantil montessoriana

Projeto da arquiteta Darliane CarvalhoDivulgação/Casa.com.br

Se o estímulo à independência está na sua lista de prioridades com a criança, a cama infantil montessoriana é a escolha ideal. Baseada na filosofia sugerida pela educadora italiana Maria Montessori, o modelo dá à criança autonomia para explorar e desenvolver tanto habilidades motoras quanto às questões sociais e psicológicas.

Veja abaixo mais modelos de cama para criança para se inspirar!

<p><p> Este aqui é um quarto de menina, onde o rosa foi proibido pela moradora mirim, de 8 anos. No lugar, tons neutros. Parede de escalada, tubo para deslizar do teto ao chão e cama com cabana, desejos da pequena, foram contemplados no projeto das arquitetas Carla Asevedo e Valéria Goldenberg Bartholi, do Studio Duo. Beliche da Casapronta e parede de escalada da Fitz Roy.</p></p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p><p> O quarto foi decorado com tons e estampas de padrões unissex para acomodar um menino e uma menina. Cama com bicama da Tok Stok.</p></p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p><p> O destaque deste quarto é a cama com dossel (Casapronta), que reserva área para acomodar cestos e um colchão destinado às amigas. De linhas retas, a mobília tem prazo de vida longo. O rosa-claro dos tecidos ganhou a companhia do pink (da luminária) e do azul-hortênsia (das paredes). “Essa mistura de tons deixou o ambiente menos óbvio”, avalia a decoradora Adriana Penteado.</p></p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p><p> O maior desafio foi lidar com a significativa diferença de idade entre as crianças. “Procurei uma linguagem visual balanceada, que nãofosse ingênua para o mais velho, nem sem graça para o menor”, afirma a arquiteta. Como são raros os assuntos que agradam a ambos,a saída foi fugir de uma decoração temática – apenas referências a carros e futebol pontuam os acessórios. A identidade da área foidefinida, principalmente, pelo uso das cores. O azul, que os irmãos adoram, foi mantido nas paredes, mas em uma versão mais suave e moderna (Azul Praia, da Coral). Sobre a base pastel, comparecem detalhes em vermelho e amarelo, dinamizando o conjunto. Eduardo não nega que é amazonense: o pequeno gosta mesmo é de dormir na rede! Usado de vez em quando, o colchão de seu antigo berço ficava encostado na parede e, graças à bicama – com mesinha na cabeceira – (Kappesberg), finalmente pôde ser aposentado.</p></p>(Odair Leal (AM)Casa.com.br)
<p><p> Na cama de metal (Flat, da Tok & Stok) deste quarto, a pequena grade, móvel, não deixa a criança cair enquanto dorme. Assim, permite estender o uso por alguns anos. Também para acompanhar o crescimento do pequeno morador, a arquiteta Ana Paula Blanc criou uma mesa inteligente. Quando bebê, funciona como trocador. Ao regular o cavalete e reduzir a altura, a peça poderá ser usada como escrivaninha pela criança.</p></p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p><p> Esta cama possui um guarda-roupa e um lugar para brincar. Qual criança não gostaria de ter uma assim? Da Pikku Joas.</p></p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p><p> Você deseja uma decoração duradoura? Esta opção é certeira, pois tem elementos para satisfazer românticas dos 12 aos 30 anos – ou mais! O branco puro e os tons off-white servem de base para a personalização com lilás, roxo e rosa, além de estampa floral. “No lugar de descanso, vão bem as cores que transmitem as sensações de limpeza, relaxamento e frescor”, ensina a arquiteta Karina Malvezzi, do Dadazio Arquitetura & Paisagismo. Colcha e portatravesseiro Modelo Sweet, lilás. Etna, R$ 116,90 Jogo de cama Da Bud Confort, da Buddemeyer, Basic, 200 fios, lilás. Ponto Frio, R$ 122,55 Capa de travesseiro De piquê branco. Niazi Chohfi, R$ 14,80 Persiana de bambu Com 1,20 x 1,60 m. C&C, R$ 102,90 Papel de parede O Honour é vinílico e tem 92 cm de largura. Bel Papel, R$ 70 o metro Porta-retratos Cezzane (10 x 15 cm). Tok & Stok, R$ 55 Cachepôs azuis De cerâmica, R$ 16,99 o maior e R$ 9,99 o menor. Etna Espelho Mini Veneza (30 x 20 cm). Etna, R$ 69,90 Tapete de chenile Iêmen (50 x 80 cm). Etna, R$ 39,90 Vasos de vidro Bojudo verde Libby (9 cm de altura, Etna, R$ 19,90), redondo vinho (6 x 12 cm, C&C, R$ 12,90) e decorado alto Enjoy (30 cm de altura, Etna, R$ 39,90)</p></p>(Luis GomesCasa.com.br)
<p><p> Esta hamonia não tem idade. Eis uma das propriedades do azul, que pode apresentar-se em várias nuances e ficar bem ao lado de branco, bege, marrom ou preto. Quanto mais fechados os tons, mais sério o visual. Jogo de cama Xadrez, de percal 200 fios. Mundo do Enxoval, R$ 196 Lençol branco De malha, com elástico. Zelo, R$ 38,90 Colcha e portatravesseiro Em azul-claro, Sunday, da Teka. Magazine Mais, R$ 99,90 Capas de almofada Medem 40 x 40 cm. Leroy Merlin Marginal Tietê, R$ 19,90 cada Manta cáqui Da In Design. Niazi Chohfi, R$ 69,80 Persiana Ibis mad (1,60 x 1 m). Etna, R$ 169,90 Papel de parede Da Bobinex (cód. 9108, rolo com 0,52 x 10 m). Cortinobre, R$ 163,90 Luminária Robot. Etna, R$ 109,90 Objetos Cavalo (R$ 99,90) e coruja aparador de livro (R$ 99,99). Etna</p></p>(Luis GomesCasa.com.br)
<p><p> Karina Malvezzi sugere listras verticais a fim de fazer o pé-direito parecer maior e conferir descontração ao espaço. Para meninos, aposte em complementos sóbrios. Para meninas, quebre a sisudez com babados, padrões miúdos e texturas, a exemplo do crochê. Jogos de cama O estampado Lolita é da Buddemeyer, linha Bud Confort, de percal 200 fios (Zip Casa, R$ 179,90), e o liso, da Brilhante (Americanas.com , R$ 69,90) Capa de almofada Nene (40 x 40 cm), de crochê. Tok & Stok, R$ 29,90 Cobertor bege Feito de microfibra, é da Jolitex. Casa Joka, R$ 48 Persiana Zebra blackout (1 x 0,70 m). Etna, R$ 129,90 Papel de parede Da coleção Harmonia (cód. 9137, com 0,52 x 10 m), da Bobinex. Lux Decorações, R$ 131,35 Quadros Têm 31,5 x 31,5 cm. Leroy Merlin Marginal Tietê, R$ 69,99 cada Porta-retratos Modelo Provence, para três fotos. Etna, R$ 72,90</p></p>(Luis GomesCasa.com.br)
<p><p> Ambientes coloridos transmitem vitalidade. “Cores fortes, como o laranja e o vermelho, caem bem no quarto dos pequenos”, afirma a arquiteta. “Mas sempre com moderação, para evitar a poluição visual, que não é saudável.” Colcha de piquê Niazi Chohfi, R$ 39,80 Jogo de cama Maxy fúcsia. Tok & Stok, R$ 39,90 Saia de cama De malha branca, da Brilhante. Conamore, R$ 32,90 Capas de almofada Xadrez, 40 x 40 cm. Leroy Merlin Marginal Tietê, R$ 19,90 cada Persiana Thunny, de poliéster (0,80 x 1,70 m). Etna, R$ 69,99 Cofrinho lambreta C&C, R$ 29,90 Potes de vidro De 250 ml (R$ 9,99) e 500 ml (R$ 14,99), com tampa de rosca. Etna Quadros Com motivos de bichos (25 x 25 cm). Leroy Merlin Marginal Tietê, R$ 29,99 cada Bichos de pelúcia Da linha Muti. Etna, R$ 29,90 cada</p></p>(Luis GomesCasa.com.br)
<p>A Teka lança uma linha especial para as crianças. São jogos de cama, edredons, colchas, cortinas e toalhas com estampas coloridas e temáticas que combinam com os pequenos. Com a linha completa, a decoração do quarto está completa.</p>(DivulgaçãoCasa.com.br)
roupa-de-cama-colorida-para-criança(divulgaçãoDajuCasa.com.br)
<p>Quarto do menino – Nayara Macedo“Uma noite na casa da árvore” é o tema do espaço, também inspirado na psicologia Montessoriana. Nas paredes, nichos foram inseridos para organizar brinquedos e um círculo cria o cantinho de leitura. Na cama-casinha, desenhada pela profissional, os fios de luz foram elaborados manualmente com bolinhas de pingue-pongue e, no lugar da laca, a fórmica brilhante foi o acabamento selecionado, mais acessível.</p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>quarto criança, quarto menino, quarto bebê, cama montessoriana, preto e branco, estante escada</p>(DivulgaçãoCasa.com.br)
<p>quarto criança, quarto menino, quarto bebê, cama montessoriana, preto e branco</p>(DivulgaçãoCasa.com.br)
CASACOR BA 2017 – QUARTO DO BEBÊ(Xico DinizCASACOR)
<p>quarto criança, quarto menino, quarto bebê, cama montessoriana, preto e branco, cabana</p>(DivulgaçãoCasa.com.br)
<p><p> Quarto Infantil, por Gabriela Prado, Eliane Zogbi e Veridiana Tobar. Criado para ser um ambiente de dormir bem aconchegante, no qual as crianças também possam se divertir e brincar com os amigos, o quarto é lúdico, colorido e oferece várias opções de brincadeiras para os pequenos.</p></p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>Esse quarto com temática circense é mais elaborado e permite até que a criança interaja e brinque com a decoração. Diferentes texturas, cores e materiais dão caráter a este ambiente onde um grande laço rosa e um trapézio é capaz de conquistar imediatamente. </p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>No quarto das crianças, as camas, estantes e escadas, enfim, toda a parte de marcenaria foi feita sob medida pela Marcenaria Menozzi. Projeto de Andréa Murao e Milena Aguiar.</p>(ReproduçãoCasa.com.br)
06-retrospectiva-10-quartos-de-crianca-que-fizeram-sucesso-no-pinterest-em-2015(ReproduçãoCasa.com.br)
01-retrospectiva-10-quartos-de-crianca-que-fizeram-sucesso-no-pinterest-em-2015(ReproduçãoCasa.com.br)
02-retrospectiva-10-quartos-de-crianca-que-fizeram-sucesso-no-pinterest-em-2015(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>Argolas de ginástica olímpica completam a decór deste quarto infantil com sofá e tons neutros </p>(ReproduçãoCasa.com.br)
03-retrospectiva-10-quartos-de-crianca-que-fizeram-sucesso-no-pinterest-em-2015(ReproduçãoCasa.com.br)
<p><p> Para os que praticam basquete não ficarem com ciúmes daqueles que jogam futebol selecionamos também um quarto que possibilita a criança ter uma quadra de basquete e ser feliz!</p></p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>Antes de ocupar o ambiente com móveis, pense nas disposições possíveis. Este quarto de criança ganhou uma cama baixa, perto da janela, e uma beliche suspensa, que deixa o vão embaixo livre para uma bancada de estudo. “As portas do armário foram revestidas de espelho. Além de dar sensação de amplitude, ele é útil na hora de trocar de roupa”, aponta Alessandra, do Vidal & Sant’Anna Arquitetura. Mesinha da Etna, garrafas da Artmix e tapete da Cinerama.</p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>Neste quarto de paredes brancas, quem rouba a vez é a parede de escalada, bem colorida, assim como os demais itens da decoração </p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p><p> A cama loft é uma ótima solução para quartos com várias crianças. Nessa ideia uma das camas dá acesso a outras duas. Cama da Automatism.</p></p>(ReproduçãoCasa.com.br)
07-retrospectiva-10-quartos-de-crianca-que-fizeram-sucesso-no-pinterest-em-2015(ReproduçãoCasa.com.br)
<p><p> Este beliche é perfeito para deixar o quarto do seu filho mais divertido. Em formato de ônibus , além das suas camas, as crianças podem brincar nele e deixar os livros na prateleira na parte traseira do beliche-automóvel. Da <a href=”http://www.magnifiquefurniture.com/products/cm-bk1040gm-twin-bunk-bed-explorer-collection?utm_campaign=Pinterest%20Buy%20Button&utm_medium=Social&utm_source=Pinterest&utm_content=pinterest-buy-button-0401880d4-96cd-4f0c-a61e-d3352c6ee6b3&quot; rel=”Magnifique Furniture”><strong>Magnifique Furniture</strong></a>.</p></p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p><p> O Quarto da Criança foi projetado para a faixa etária de 2 a 5 anos pelos arquitetos Fábio Guedes e Julianny Xavier. O piso flutuante é fácil de limpar e mais agradável para andar descalço ou brincar. Esse texto está te dando sono, Van? Chita fixada com cola branca reveste as paredes. O colchão posto sobre um tablado minimiza problemas com quedas. Junto com a varanda, o quarto tem 23 m².</p></p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>Esse sem dúvida é um dos quartos mais bonitos e encantados! O teto simula um céu estrelado e uma árvore que faz o charme do ambiente. Um lugar incrível, que une a natureza ao cotidiano da criança. </p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>Este beliche foi adaptado ao quarto, comprido e estreito, e acomoda quatro crianças.</p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p><p> Este beliche azul escuro é ideal para crianças, além do comprimento menor, possui uma barreira de proteção para quem dormir na parte de cima. Da <a href=”http://www.magnifiquefurniture.com/products/cm-bk615-twin-bunk-bed-azure-collection?utm_campaign=Pinterest%20Buy%20Button&utm_medium=Social&utm_source=Pinterest&utm_content=pinterest-buy-button-0a72144ac-2598-4029-a409-e4da91fe8ef0&quot; rel=”Magnifique Furniture”><strong>Magnifique Furniture</strong></a>.</p></p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>Que tal fazer um quarto para as crianças dormirem e também para brincarem muito? Este quatro beliches simulam uma casa na árvore, com direito à ponte e balanços.</p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p><p> O quarto projetado pela arquiteta Juliana Cortese (http://pro.casa.abril.com.br/profile/julianapasqualecortesemazzer) não tem marcenaria planejada, como a maioria dos quartos de criança, e os móveis foram escolhidos pelos clientes. A ideia era de um quarto moderno, combinando a base branca com cores vibrantes e sem comprometimento para que pudesse dividir o espaço com um futuro irmão ou irmã. Mais tarde, com a chegada de mais uma menina, o quarto ganhou adesivos florais e borboletas, deixando-o mais feminino. Os acessórios e a estante são da Ikea, o armário e a cômoda Clever e a cama Nardi.</p></p>(DivulgaçãoCasa.com.br)
<p>Quarto de criança com papel de parede.</p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>Uma criança entre 4 e 6 anos apaixonada por motos: este é o foco do Quarto do Filho. Cátia Bacelar, designer de interiores e especialista em iluminação, é quem assina o ambiente.</p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>Da loja Pearl Igloo, este beliche-trem garante a diversão das crianças, além de decorar este quarto infantil.</p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>Quarto de criança com papel de parede.</p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>Quarto de criança com papel de parede.</p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>Feito de cabo de aço usado em embarcações a vela (à venda na Regatta), o varal expõe as pinturas preferidas das crianças. Trocamos os trabalhos de tempos em tempos para variar, conta Sandra Llovet, que fez o projeto do quarto dos filhos com o marido Claudio Libeskind.</p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>As cabanas não são apenas para as crianças pequenas. No projeto de Jennifer Bishop Design, ela está ao lado da cama de uma adolescente, um espaço perfeito para ela relaxar e ler seu livro preferido.</p>(Manu OristanioCasa.com.br)
<p>Avó e mãe corujas fizeram um quarto para dormir e brincar. As decoradoras Candida Ferraz e Cristiane Valicentte pensaram o ambiente como uma forma de estimular a criança a pensar, desenvolver seus sentidos, a criatividade e a capacidade de viver em grupo. Em uma das paredes, uma manta magnética segura os toquinhos de madeira. Para aproveitar melhor o espaço, a cama fica encostada do outro lado. No teto, pequenos cubos de acrílico cobrem os pontos com iluminação pontual embutida. A mesinha de madeira de demolição é coberta de papel, que sai de um rolo lateral. É só puxar, rabiscar, rasgar e… puxar mais. Os pequenos baldes de alumínio são baratos, presos por braçadeiras de ferro e organizam a bagunça. O armário é multifuncional: guarda-livros e lousa (nas portas), e canto do brinquedo, logo em cima – basta subir pelas agarras próprias para escalada, na lateral. Sem os brinquedos, o lugar é uma opção para um amigo passar a noite. Os futons sobem para lá e viram uma cama.Decoradoras: Candida Ferraz, tel. (31) 3287-4684, e Cristiane Valicentte, tel. (31) 3261-6185</p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>Aquarelas pintadas pelo bisavô materno das crianças, Emidio Dias Carvalho, conferem encanto ao quarto, que tem tons e estampas de padrões unissex para acomodar Marina e Henrique. Cama com bicama da Tok Stok.</p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>Apartamento de 2 dormitórios: quarto das crianças. Todo em lilás, este quarto foi pensado para duas adolescentes. Para aproveitar bem o espaço, as camas foram encostadas na parede. O criado-mudo de vidro é a dica dos arquitetos para dar leveza à decoração. Porta-retratos na lateral do armário e um tapete entre as camas dão mais aconchego ao quarto. A grande dica para aproveitar o ambiente pequeno é fazer uso das persianas, já que as cortinas regulares demandam vãos maiores entre os móveis e a parede. Projeto de decoração de Débora Dalanezi e Marcelo Sesso.</p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>Quarto das Crianças. Na parte inferior, fica o escritório dos irmãos, com mesas de estudo que podem ser ajustadas em diferentes alturas. Em cima, o mezanino protegido por um guarda-corpo de corda é o local onde rolam as brincadeiras. “Todos os móveis podem ser adaptados conforme o crescimento da criança”, explica a designer de interiores Juliana Neves de Castro, sócia de Luciana Nasajon e Mabel Graham-Bell. O papel de parede traz o desenho de uma floresta – em preto e branco para os pequenos preencherem de cor.</p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>Quarto do filho. Um pequeno músico, criativo, que adora fazer caretas e dançar. Assim é o protagonista deste cenário projetado pela arquiteta Maria Cláudia Dias Avanci, em que predomina a decoração verticalizada, aproveitando o pé direito alto do espaço. Nichos com instrumentos musicais, livros e brinquedos são acessíveis por meio de uma escada de inox. Um lustre com 12 lâmpadas de baixa voltagem, com asinhas de pena de ganso, transmite a sensação do vôo dos pássaros. A novidade é o guarda-roupa sem fundo e sem divisórias verticais de madeira. A estrutura de alumínio interna possibilita maior ventilação e facilidade de mudança nas alturas das prateleiras e cabideiros quando a criança ficar maior.</p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>O ambiente quarto do menino criativo é assinado pelas arquitetas Márcia Paixão e Rosângela Pacheco. Tons neutros nas paredes e no piso dialogam com a madeira dos móveis. O toque de cor fica por conta das almofadas, nas cores laranja e azul, e dos demais elementos decorativos. </p>(Rodrigo ZorziCasa.com.br)
<p>No segundo andar, o quarto das crianças dispõe de bastante espaço para as brincadeiras. “Eles adoram jogar futebol”, revela a mãe. Com a janela ocupando uma das quinas, o ambiente esbanja luminosidade. “Não há nenhum pilar ali, pois transferimos o esforço estrutural para outro lugar”, fala a arquiteta. No piso, tacos de perobinha (Denart).</p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>A Ponzoni trouxe uma coleção de móveis componíveis para quartos de criança. É só escolher os módulos e montar a composição que desejar. Tudo muito colorido e divertido.</p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>Carolina Vaiano e Vanessa Rossetto: A dupla de arquitetas Carolina e Vanessa criaram 2 quartos infantis para a Mostra APRONTA, cada um com tema diferente. O quarto da menina de 5 anos foi todo inspirado no último sucesso da Disney, o filme Frozen, com predominância do azul claro e rosa claro e detalhes em lilás e off white. Assim, o ambiente remete ao inverno e da ideia da criança estar dentro do quarto da princesa. Já para o menino, também com 5 anos, o tema foi o hipismo, unindo o esporte e o amor pelos animais. Na cartela de cores os tons de azul claro e escuro, off white, verde e marrom. Destaque para a parede em couro da La Novitá no quarto do menino e para a pintura em laca de uma lareira feita pela artista plástica Juliana Brandão. Os dois espaços juntos completam 25m² repleto de detalhes lúdicos perfeito para instigar a criatividade das crianças.</p>(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>Cores marcantes que variam do azul ao laranja, passando pelos tons de madeira nogueira, aquecem a brinquedoteca masculina, assinada pela arquiteta Maithiá Guedes. O projeto, que conta detalhes de madeira no teto, foi dividido em setores para brincadeira. “Área para desenhos, jogos, puffs ao centro, camas, área de leitura, futtons despojados jogados ao chão e lousa na parede tornam o ambiente versátil”, explica. </p>(Rodrigo ZorziCasa.com.br)
<p>A arquiteta Zize Zink usa o vermelho e mistura estampas neste espaço, projetado para uma menina de 9 anos. “Foi utilizada uma aplicação em tecido na parede, que dá destaque ao ambiente”, conta.</p>(Rodrigo ZorziCasa.com.br)
IMG_8933.-alta(Marco AntonioDivulgação)
02-pan-americano-10-quartos-de-criancas-e-adolescentes-esportistas(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>Seguindo a linha da arquitetura escandinava, o arquiteto Diego Revollo preferiu estruturas limpas e simples, com prevalência do uso de linhas retas e cores candy colors. “Partimos da ideia de uma “caixa” monocromática, cinza clara, com piso, paredes e teto revestidos em cimento queimado. Em contraponto ao cinza, criamos delicadas arestas, coloridas e iluminadas, que percorrem todas as faces do espaço redesenhando e acentuando elementos arquitetônicos como as paredes, janelas, porta e teto”, explica. O ambiente tem múltiplas funções para a criança, como dormir, brincar e estudar. </p>(Rodrigo ZorziCasa.com.br)
06-pan-americano-10-quartos-de-criancas-e-adolescentes-esportistas(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>O espaço de 25,85 m², assinado pelas arquitetas Bárbara Gomes da Silva e Giulliana Savioli, do escritório Studio 011, foi inspirado nas velejadoras brasileiras Martine Grael e Kahena Kunze. O papel de parede florido dialoga com diferentes tonalidades pasteis. Objetos náuticos, como veleiros e conchas, completam a decoração. </p>(Rodrigo ZorziCasa.com.br)
05-pan-americano-10-quartos-de-criancas-e-adolescentes-esportistas(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>Casa Cor Espírito Santo – Quarto do filho. Um pequeno músico, criativo, que adora fazer caretas e dançar. Assim é o protagonista deste cenário projetado pela arquiteta Maria Cláudia Dias Avanci, em que predomina a decoração verticalizada, aproveitando o pé direito alto do espaço. Nichos com instrumentos musicais, livros e brinquedos são acessíveis por meio de uma escada de inox. Um lustre com 12 lâmpadas de baixa voltagem, com asinhas de pena de ganso, transmite a sensação do vôo dos pássaros. A novidade é o guarda-roupa sem fundo e sem divisórias verticais de madeira. A estrutura de alumínio interna possibilita maior ventilação e facilidade de mudança nas alturas das prateleiras e cabideiros quando a criança ficar maior.</p>(DivulgaçãoCasa.com.br)
08-pan-americano-10-quartos-de-criancas-e-adolescentes-esportistas(ReproduçãoCasa.com.br)
<p>. A arquiteta Simone Tasca assina um quarto para bebê. A profissional criou o espaço a partir de sua concepção de criança. “O bebê moderno é filho da diversidade, habita os novos lares, formados pelas mais variadas famílias e pelas mais belas formas de amor. Seus domínios têm as cores da alegria, da infância e da natureza, o que será no futuro a base do seu próprio conhecimento”, afirma.</p>(DivulgaçãoCasa.com.br)
<p>. A arquiteta Simone Tasca assina um quarto para bebê. A profissional criou o espaço a partir de sua concepção de criança. “O bebê moderno é filho da diversidade, habita os novos lares, formados pelas mais variadas famílias e pelas mais belas formas de amor. Seus domínios têm as cores da alegria, da infância e da natureza, o que será no futuro a base do seu próprio conhecimento”, afirma.</p>(DivulgaçãoCasa.com.br)
Quartos de crianca coral(DivulgaçãoCasa.com.br)
nossoapealugado(@nossoapealugadoReprodução)
casa_natoca_2019_sp_quarto_dos_irmaos(Renato NavarroCasa.com.br)
casa_natoca_2019_sp_quarto_de_crianca(Renato NavarroCasa.com.br)
Matho fotografia – 01(Matho FotografiaDivulgação)
casa_natoca_2019_sp_espaco_conceito(Renato NavarroCasa.com.br)
quarto-de-criança-colorido(MoouiCasa.com.br)
12-morar-mais-por-menos-sp-aposta-no-equilibrio-entre-design-e-acessibilidade(DivulgaçãoCasa.com.br)
pinterest-adesivo-parede-quarto-de-crianca(PinterestCasa.com.br)
<p>Quarto das crianças, por Quarto das Primas, Muito Mais Arquitetura e Nina Moraes Design</p>(Reprodução Casa Na TocaCasa.com.br)

Carrinho

loader